O titular da Comissão de Saúde e Promoção Social da Alego, deputado Mauro Rubem, realiza com o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde do Estado de Goiás e com o Fórum em Defesa dos Servidores e Serviços Públicos de Goiás, a audiência pública “Autogestão do Ipasgo: quem paga tem que dirigir”, hoje (13), às 14h na Assembleia, Auditório Costa Lima.

O titular da Comissão de Saúde e Promoção Social da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, deputado Mauro Rubem (PT/GO) realiza, em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde do Estado de Goiás (Sindsaúde/GO) e com o Fórum em Defesa dos Servidores e Serviços Públicos de Goiás, a audiência pública “Autogestão do Ipasgo: quem paga tem que dirigir” hoje (13), às 14h na Assembleia Legislativa, no Auditório Costa Lima.

A atividade tem o objetivo de discutir a relação do Instituto com os prestadores e usuários, o reajuste nas contribuições de agregados e, principalmente, alternativas de fortalecimento do órgão como a concessão da gestão do Ipasgo para os servidores.

De acordo com Mauro Rubem, é preciso que os usuários e servidores unam as forças para ajudar o Ipasgo a superar esta crise e “convencer o governo estadual de que a gestão do Instituto deve ser feita pelos donos, ou seja, por quem banca este convênio. O Ipasgo é um plano de saúde particular, como qualquer outro, e por isso não deve ser gerido pelo estado, mas sim pelos próprios trabalhadores”, ressaltou o parlamentar.

O modelo de gestão defendido pelo deputado Mauro Rubem já é aplicado no Mato Grosso do Sul na Caixa de Assistência dos Servidores do Estado do Mato Grosso do Sul (Cassems) e é referência nacional por ser a única empresa de auto-gestão estadual com parceria do Governo Estadual. Para participar do debate, estarão presentes o presidente e o conselheiro da Cassems, Ricardo Ayache e Flávio Bernardini, visando compartilhar as experiências da entidade e contribuir para o fortalecimento do Ipasgo.

Também foram convidados para a audiência o presidente do Ipasgo, José Taveira; o Procurador Geral de Justiça, Dr. Benedito Torres Neto; a presidenta do Sindsaúde/GO, Maria de Fátima Veloso; a promotora de Justiça do Ministério Público Estadual, Marlene Nunes; o procurador chefe do Ministério Público Federal, Alexandre Moreira; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Vitor Lenza.

Serviço

Audiência Pública “Autogestão do IPASGO: quem paga tem que dirigir”                        

Data: 13 de setembro de 2011                                                                             

Horário: 14 h às 18 h                                                                                    

Local: Auditório Costa Lima – Assembléia Legislativa do Estado de Goiás (Alameda dos Buritis, 231, Centro)          

Mais informações: (62) 3221-3205

Compartilhe!