A Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo (Ales) realizou audiência pública para discutir melhorias nas prestações de serviços de telefonia móvel aos consumidores capixabas. O encontro contou com a presença de representantes da Anatel, do Procon-ES e de operadoras de telefonia móvel.

O gerente da unidade operacional da Anatel no Espírito Santo, Maxwel de Souza Freitas, apresentou esclarecimentos técnicos a respeito do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação de Serviço Móvel Pessoal elaborado pela Anatel. Segundo ele, a partir de junho de 2012 o número de reclamações contra as operadoras, recebidas pelo call center da Anatel, teve aumento considerável.

Freitas explicou que as principais reclamações foram relacionadas à queda de chamada e de conexão e irregularidades na cobrança. A agência reguladora aplicou penalidades como multa e suspensão de vendas em julho de 2012. Para este ano, as principais ações de melhorias exigidas no plano de ação da Anatel referem-se às áreas de conta e cobrança, informações aos usuários, aspectos relacionados à rede, além do aumento de investimentos por parte das empresas.

Representantes das operadoras Oi e TIM afirmaram que as empresas têm o interesse em melhorar o serviço de telefonia em todo o País. Eles colocaram as operadoras à disposição da comissão, de forma que as empresas e a Casa possam agir em conjunto para melhorar a qualidade dos serviços prestados.

Fonte: Agência ALES

Compartilhe!