A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Almg) recebeu 751 contribuições da população para a reforma política em tramitação no Congresso Nacional. Dos dez temas relacionados na consulta, as maiores manifestações foram pelo financiamento de campanhas (109), reeleição e suplência de senador (99 cada), sistemas eleitorais (91) e unificação das eleições (84).

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Almg) recebeu 751 contribuições da população para a reforma política em tramitação no Congresso Nacional. Dos dez temas relacionados na consulta, as maiores manifestações foram pelo financiamento de campanhas (109), reeleição e suplência de senador (99 cada), sistemas eleitorais (91) e unificação das eleições (84).

As contribuições farão parte do relatório final da Comissão Extraordinária de Reforma Política da ALMG que, além de serem encaminhadas à Câmara dos Deputados, serão também utilizadas pelo Parlamento mineiro para a construção de sua agenda de debates e atividades para os próximos dois anos.

Compartilhe!