Violência política contra as mulheres e crimes de feminicídio. Esses serão os dois assuntos a serem debatidos no 5º encontro com a Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O evento será realizado nesta terça-feira (12/9/23), das 14 às 18 horas, no Auditório do andar SE.

A primeira palestra será ministrada pela professora do Departamento de Ciência Política e coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher (Nepem) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a doutora em Sociologia Marlise Matos.

O tema crimes de feminicídio será abordado pela delegada de polícia do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pesssoa e chefe do Núcleo Especializado em Investigação de Feminicídios da Polícia Civil, Ingrid Estevam.

O encontro também contará com o depoimento da psicóloga Andreza Costa Marques, coordenadora do Grupo Resgatadoras, que trabalha com a formação de lideranças para ajudar mulheres em situação de violência, no município de Sarzedo (Região Metropolitana de Belo Horizonte).

A série de encontros realizados pela Procuradoria da Mulher da ALMG consolida um de seus papéis, que é colaborar para o enfrentamento das discriminações e violências, por meio do recebimento e da análise de denúncias e do encaminhamento dos casos aos órgãos competentes.

Os objetivos da série de encontros com especialistas são promover o diálogo entre o Poder Legislativo e os públicos ligados a esse tema; disseminar informações sobre políticas públicas voltadas para as mulheres; e incentivar a criação de procuradorias da mulher no âmbito dos municípios.

Criada em 2021, a Procuradoria da Mulher fortalece a rede de proteção, traz visibilidade e qualifica o debate em torno das agendas ligadas às mulheres. A procuradora-geral da Mulher é a deputada Ione Pinheiro (União Brasil) e a procuradora adjunta é a deputada Delegada Sheila (PL).

Fonte: ALMG

Compartilhe!