No primeiro ano de funcionamento do Espaço Cidadania da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), mais de 38 mil cidadãos foram atendidos pelos órgãos que o compõem: Procon Assembleia, Sistema Nacional de Emprego (Sine) e Delegacia de Polícia de Defesa do Consumidor (Decon). Além disso, a Internet Popular, novidade que surgiu com o espaço, teve quase 4 mil acessos no período.

Um dos objetivos do Espaço Cidadania é facilitar a vida dos cidadãos, oferecendo de forma integrada acesso a serviços de proteção ao consumidor, cadastro para emprego e treinamento, emissão de carteira de trabalho e requerimento de seguro-desemprego, entre outros. Antes de sua criação, em 13 de março de 2013, os órgãos ficavam em diferentes endereços em Belo Horizonte.

O coordenador do Procon, Marcelo Barbosa, acredita que a integração foi o diferencial para garantir os bons resultados alcançados. “O Espaço Cidadania proporcionou ao cidadão um aumento de qualidade e quantidade na prestação de serviços”, analisa. Com relação ao Procon, telefonia, cartão de crédito, eletrodomésticos e eletroeletrônicos foram os itens que mais geraram reclamação, no primeiro ano de atividade do espaço.

Para quem não tinha como comparar com outras unidades, o Espaço Cidadania também gerou boas impressões. O artista gráfico João Paulo Tiago precisou tirar a 2ª via da carteira de trabalho e procurou o Sine. “Foi tudo muito rápido e simples; eu me surpreendi”, elogiou. João Paulo disse que vai voltar ao local assim que precisar de outro serviço.

Fonte: Agência ALMG

Compartilhe!