Com a presença de estudantes e profissionais que atuam no agronegócio paulista, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo sediou, um encontro para debater o futuro do setor no país.

O evento “Semeando Liberdade” foi promovido pelo deputado Lucas Bove (PL) e contou com a participação da Sociedade Rural Brasileira (SRB) e do movimento estudantil União Juventude e Liberdade Agro (UJL Agro)

Durante o encontro, foram promovidos debates e palestras sobre os caminhos para o crescimento do setor agro. “A produção de alimentos passou a ser o motor e a direção que o Brasil tem para se tornar um país viável”, disse o cientista político Christian Lohbauer, um dos palestrantes do evento.

“Discutir agronegócio em parceria e harmonia com o meio ambiente, com essa juventude que tem a capacidade de entender isso sem radicalidade, é decisivo para que a gente consiga uma produção de alimentos sustentáveis”, afirmou a advogada especialista em Direito Socioambiental, Samanta Pineda.

Dentre temas como novas tecnologias, exportações e importações e cadeias produtivas, as áreas de transição energética e segurança alimentar foram destacadas. “O Brasil pode ser um importante ator nesses dois aspectos. Nós somos exemplo dentro da transição energética e, hoje, mais de 60% do que produzimos de energia são de fontes renováveis”, disse o presidente da Sociedade Rural Brasileira, Sérgio Bortolozzo.

“A política é feita com o dinheiro que vem do contribuinte e o maior contribuinte é o agronegócio. Indiretamente a gente tenta criar políticas públicas para ajudar e, mais do que tudo, não atrapalhar o agronegócio brasileiro que é tão pujante”, completou Lucas Bove.

Fonte: ALESP

Compartilhe!