Search
Close this search box.
Foto/Divulgação

Para chamar a atenção para os números alarmantes de acidentes no trânsito, mas também conscientizar as pessoas em relação às principais medidas de segurança que devem ser tomadas para evitar tragédias, esse é o objetivo da Campanha Maio Amarelo. Em Sergipe, o mês inteiro é indicado a realização de ações preventivas, mediante Lei Estadual de nº 8.265, do ano de 2017. A lei em vigor é fruto de Projeto de Lei de uma iniciativa do ex-deputado Moritos Matos.

O Movimento Maio Amarelo é mundial e teve início em 2011, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A proposta é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A campanha usa a cor amarela em referência ao sinal de advertência no semáforo, que simboliza a atenção necessária para a causa.

Lei Estadual

De acordo com o estabelecido na Lei de Sergipe, no período de 1º a 31 de maio, fica instituído no Estado a campanha ‘Maio Amarelo – Atenção pela Vida no Trânsito’. Neste espaço de tempo, o estado deve promover propagandas educativas, na rádio e na televisão, distribuição de material impresso, realização de eventos e ações e promoção de debates.

Podendo o Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran), efetuar parcerias com instituições públicas e privadas, cabe tomar as providências necessárias para a aplicação desta Lei.

Fonte: ALESE

Compartilhe!