No ano de 2018, até o final de setembro, foram criadas 22 frentes parlamentares, abordando temas como segurança pública, saúde, produção, agricultura, educação e contextos sociais.

As frentes parlamentares foram criadas a partir da Resolução de Mesa nº 1.319, de 2015, com o fim de tratar de assuntos específicos de interesse da sociedade. O requerimento de constituição das frentes deve ser subscrito por, no mínimo, um terço do total de deputados da Casa, e encaminhado à Mesa para conhecimento.

A composição das frentes parlamentares deve ser pluripartidária, ficando assegurado a todos os deputados o direito de integrá-las, bem como de se desligar das mesmas, mediante requerimento ao respectivo presidente.

Frentes parlamentares instaladas em 2018:

  1.     Frente Parlamentar em Defesa do Setor Hoteleiro Gaúcho, instalada em 18 de setembro, proposta do deputado Maurício Dziedrick (PTB);
  2.     Frente Parlamentar em Defesa da Oferta do Ensino da Língua Espanhola na Rede Pública Estadual – “Fica Espanhol”, proposição da deputada Juliana Brizola (PDT), em 21 de agosto;
  3.     Frente Parlamentar em Defesa da Profissão de Bombeiro Civil no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, em 14 de agosto, por proposição do deputado Edson Brum (MDB);
  4.     Frente Parlamentar Gaúcha em Apoio ao Futebol Profissional do Interior do Estado do RS, em 10 de julho, proposta pelo deputado Juliano Roso (PCdoB);
  5.     Frente Parlamentar de Defesa dos Rodeios, em 3 de julho, por proposição do deputado Ernani Polo (PP);
  6.     Frente Parlamentar pela Conclusão do Hospital Escola Público Regional 100% SUS na Região Sul, em 3 de julho, proposição do deputado Zé Nunes (PT);
  7.     Frente Parlamentar para Análise da situação dos salários de valor abaixo do mínimo legal, recebidos por servidores do RS, em 19 de junho, proposição do deputado Pedro Ruas (PSOL);
  8.     Frente Parlamentar de Segurança Pública, em 19 de junho, proposição do deputado Ronaldo Santini (PTB);
  9.     Frente Parlamentar Gaúcha Pró-Jornais e Mídias Impressas, em 5 de junho de 2018, proposição da deputada Silvana Covatti (PP);
  10.     Frente Parlamentar pela Antecipação da Renovação do Convênio de Delegação da Gestão dos Portos do Rio Grande do Sul, em 5 de junho, proposição do deputado Fábio Branco (MDB);
  11.     Frente Parlamentar Gaúcha em Defesa das Técnicas Radiológicas, em 5 de junho, proposição do deputado Altemir Tortelli (PT);
  12.     Frente Parlamentar de Defesa das Prerrogativas dos Advogados, em 22 de maio, proposição do deputado Edu Oliveira (PDT);
  13.     Frente Parlamentar em Defesa da Nefrologia Gaúcha, instalada em 15 de maio, proposição da deputada Liziane Bayer (PSB);
  14.     Frente Parlamentar CETE-Vivo, em 15 de maio, proposição do deputado Frederico Antunes (PP);
  15.     Frente Parlamentar em Defesa dos Agricultores e Funcionários com Créditos a Receber da Cotrijuí, em 17 de abril, proposição do deputado Aloísio Classmann (PTB);
  16.     Frente Parlamentar de Apoio à Matriz Produtiva dos Biodigestores, em 17 de abril, proposição da deputada Zilá Breitenbach (PSDB);
  17.     Frente Parlamentar em Defesa da Elaboração, Promoção e Comercialização dos Alimentos Tradicionais e Artesanais de Origem Animal e Vegetal, em 17 de abril, proposição do deputado Zé Nunes (PT);
  18.     Frente Parlamentar em Defesa das Guardas Municipais, em 13 de março, proposição do deputado Gilmar Sossella (PDT);
  19.     Frente Parlamentar contra o Fechamento de Turmas e Escolas da Rede Estadual, em 13 de março, proposição da deputada Juliana Brizola (PDT);
  20.     Frente Parlamentar em Defesa dos Conselhos Tutelares e Conselheiros(as) Tutelares do RS, em 6 de março, proposição do deputado Juliano Roso (PCdoB);
  21.     Frente Parlamentar de Acompanhamento da Utilização, Alienação, Cessão e Locação de Imóveis de Propriedade do Rio Grande do Sul, em 6 de março, proposição do deputado Nelsinho Metalúrgico (PT);
  22.     Frente Parlamentar em Defesa do Setor Pesqueiro no Rio Grande do Sul e pela Construção do Código Pesqueiro Sustentável Estadual, instalada em 7 de fevereiro, proposição do deputado Zé Nunes (PT).
Fonte: ALERS
Compartilhe!