A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) marcará presença na 25ª Conferência Nacional da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), que acontece de forma híbrida (on-line e presencial), de 9 a 11 de novembro, em Recife, Pernambuco, com o tema “Rumo ao Parlamento do Futuro”.

“A Unale tem um papel muito relevante ao reunir os Legislativos estaduais para discutir temas importantes em nível nacional. Então, nós, Estado e Poder Legislativo, não podemos ficar isolados dessas discussões”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado Sampaio (Republicanos).

Com a missão de defender os interesses estaduais coletivos, buscar parcerias para o aperfeiçoamento e qualificação do Legislativo, difundir ações e a importância das Assembleias Legislativas no sistema democrático e promover o debate permanente de grandes temas de interesse do país, a Unale foi fundada em 1996, reúne as 27 Casas Legislativas e tem 1.059 deputados estaduais filiados.

O parlamentar Gabriel Picanço (Republicanos), que é vice-presidente na região Norte da Unale, explicou que a instituição é palco para reverberar os interesses e os problemas coletivos e locais.

“Na Unale, defendemos os interesses como a energia que vem do Amazonas para Roraima, para que seja uma realidade a pavimentação da BR-319, pois a falta de infraestrutura na rodovia que liga o Amazonas a Rondônia é ruim, já que esse é o corredor de importação e exportação de produtos roraimenses. Outros problemas são a BR-174 e o fechamento da divisa de Roraima, e a questão dos imigrantes venezuelanos. Temos levado isso às reuniões da Unale e procurado as soluções em conjunto”, destacou o deputado.

Além de Picanço, os parlamentares Catarina Guerra (União), vice-presidente de Assuntos Sociais da Secretaria de Cuidado, Prevenção à Depressão, Suicídio e Drogas; Marcelo Cabral (Cidadania), vice-presidente de Assuntos Legislativos na Secretaria das Cidades e Yonny Pedroso (PL), vice-presidente de Assuntos Legislativos na Secretaria da Mulher, fazem parte da atual diretoria da entidade.

Sessões suspensas

A expectativa é a de que a Unale mobilize cerca de 30 mil pessoas, remota e presencialmente, entre parlamentares, assessores, servidores legislativos, governadores, palestrantes, ministros, organizações nacionais e delegações internacionais. Para facilitar a participação maciça dos parlamentares roraimenses na conferência, por ato da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Roraima, as sessões dos dias 8, 9 e 10 estão suspensas.

“Hoje, há um desejo muito forte dos deputados de irem a esse encontro. Pelo menos 15 dos 24 parlamentares desta Casa já manifestaram interesse. Por isso, como não teremos quórum suficiente, decidimos com a maioria e a Mesa Diretora suspender as sessões desta semana, haja vista a quantidade de deputados que vão participar”, justificou Soldado Sampaio.

Programação 

No ano em que a Unale completa 25 anos, o tema principal “Rumo ao Parlamento do Futuro” irá discutir soluções práticas para o desenvolvimento legislativo.

As atividades serão iniciadas nesta quarta-feira (9), com os eventos simultâneos de dez entidades ligadas ao Legislativo estadual, como os organizados pela Associação Brasileira de Escolas do Legislativo (ABEL), Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL) e dos integrantes da Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (Fenale).

Outros destaques do dia são o Simpósio Nacional de Mulheres, promovido pela Secretaria de Mulher da Unale, o evento internacional “Abordagem legislativa no modelo econômico sociossustentável – ESGs” e a reunião do Parlamento Amazônico.

No segundo dia, quinta-feira (10), convidados poderão acompanhar uma capacitação voltada para o mandato parlamentar, painéis sobre cenário econômico, tecnológico e gestão pública com governadores, pesquisadores, entre outros palestrantes.

No encerramento, na sexta-feira (11), serão apresentados os finalistas da terceira edição do Prêmio Assembleia Cidadã, criado com o objetivo de incentivar projetos de destaque nas categorias de Gestão, Atendimento ao Cidadão e Projetos Especiais.

Os ganhadores serão escolhidos pelos participantes e premiados ainda durante o evento.  O projeto vencedor recebe o selo da Assembleia Cidadã, R$ 20 mil para serem investidos em projetos futuros e o troféu transitório que fica em exposição na Casa Legislativa pelo prazo de um ano. Também haverá a abertura da Assembleia Geral Ordinária para a eleição da nova diretoria executiva da entidade.

Fonte: ALERR

Compartilhe!