A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) votará nesta quarta-feira (27/06), em primeira discussão, o projeto de lei 2.546/09, em que o deputado Dionísio Lins (PP) proíbe a realização de festas de música eletrônica, as chamadas raves, no estado. Lins defende que as festas são prejudiciais à saúde dos frequentadores.  “É notório e sabido que, nestes eventos, o consumo de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes é grande”, diz ele, que critica ainda a falta de controle na entrada nestas festas. O texto estabelece multa de cinco a dez mil Ufirs por descumprimento.

Compartilhe!