A presidente do Poder Legislativo Estadual, a deputada Michele Begot (PSD), em uma sessão convocada para este fim, deu a posse para dois novos deputados na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) nesta terça-feira (05/01). Assumiram as vagas de deputados estaduais José Maria Tapajós (PL) e Adriano Coelho (PDT), eles ocuparam as vagas deixadas por Renato Ogawa (PL) e Dr. Daniel Santos (MDB), ambos prefeitos eleitos e empossados nos municípios de Barcarena e Ananindeua, respectivamente.

A cerimônia de posse contou com as presenças do vice-governador Lúcio Vale (PL), dos deputados federais, Cristiano Vale (PL) e Júnior Ferrari (PTB) e pelos estaduais Igor Normando (PODE); Jaques Neves (PDT); e Ângelo Ferrari (PTB) e pelo prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM). Antes da posse, tanto Tapajós como Coelho, apresentaram os diplomas de suplentes expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral e a última declaração de Imposto de Renda. Após, na tribuna de honra, prestaram individualmente o juramento a Constituição e as Leis do Estado do Pará.

José Maria Tapajós (PL) tem 64 anos, natural de Santarém, renunciou ao cargo de vice-prefeito do município na segunda-feira (04/01) para assumir a cadeira de deputado na Alepa.

Foi vereador por seis mandatos na Câmara Municipal de Santarém, tendo exercido por um mandato o cargo de presidente. Foi vice-prefeito no primeiro mandato do prefeito Nélio Aguiar (DEM), 2016-2020. Tapajós é empresário e anunciou que pretende dar mais ênfase em seu trabalho nas áreas de saúde, infraestrutura, turismo, agricultura familiar, cultura, esporte e lazer.

“A minha experiência política mostra o quanto é importante um município ter representação política na Alepa. O meu mandato será para atender as necessidades da minha região”, disse.

Ele disse ainda que vai trazer à Alepa a sua experiência como vereador e um mandato de vice-prefeito. “Tudo farei para contribuir com as decisões desse parlamento em favor do povo paraense. Trabalharei na defesa dos interesses do nosso estado, da minha querida Santarém e Região Tocantins”, assegurou. Ao final, formulou uma proposta de luta conjunta aos deputados estaduais, Ângelo Ferrari, Hilton Aguiar (DEM) e Eraldo Pimenta (MDB) para lutar por benefícios aos municípios do Oeste do Pará.

Adriano Coelho (PDT) tem 32 anos, nascido em Belém, é administrador de empresas, foi vereador na capital paraense de 2016 a 2020. Fundou o Instituto que leva o seu nome no bairro do Telégrafo, que oferece aulas de dança de salão, ritmos, capoeira, “jiu-jitsu”, pilates e condicionamento físico, além de cursos profissionalizantes como de manutenção de celulares. Na CMB, foi presidente da Comissão de Educação e entre suas bandeiras estão a defesa e ampliação dos direitos da pessoa com autismo.

Em seu primeiro pronunciamento agradeceu nominando todos que diretamente o apoiaram para chegar à posse, falando de sua origem antes de entrar na vida parlamentar, ressaltou o seu papel na eleição a vereador do irmão, João Coelho (PTB).
“A nossa missão é árdua, de você representar a nossa capital na Câmara atendendo a população e eu de representar o Estado com o meu mandato legislativo”, disse referindo-se ao irmão.

Coelho, pediu ao vice-governador Lúcio Vale que comunique ao governador Helder Barbalho a sua disposição de manter um diálogo permanente em torno do desenvolvimento do Estado. Ficou emocionou quando se referiu aos pais, que sempre estiveram ao seu lado, e que acompanhavam a posse pelas redes sociais, devido o atual momento de saúde pública.

A presidente Michele Begot, primeiro mulher na história a assumir o cargo, encerrou agradecendo a presença de todas as autoridades constituídas, desejando um mandato com qualidade e de pleno êxito. “Espero que possamos trabalhar pelo desenvolvimento do Estado e pelo bem-estar geral de toda a população”, concluiu.

Fonte: ALEPA