alepa-29-05A Sociedade Paraense de Direitos Humanos está promovendo a oficina de formação e organização para o fortalecimento dos sujeitos e das lutas por direitos humanos no Brasil no auditório João Batista da Assembleia Legislativa do Pará.

O evento aconteceu nos dias 25 e 26 de maio e fez parte da programação de monitoramento dos direitos humanos no Brasil. Na dia 25, o deputado Carlos Bordalo, que é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alepa, participou da solenidade de abertura dos trabalhos.

Os participantes acompanharam a mesa redonda Contexto – Realidade e situação dos Direitos Humanos com a presença do deputado Carlos Bordalo e representantes da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Pará, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça do Estado, Ouvidoria do Sistema de Segurança Pública, OAB, MST, CUT, Fetragri, Movimento Xingu Vivo, CPT, SDDH, MAB e Cedenpa.

As oficinas têm o objetivo de fortalecer os sujeitos e as lutas por direitos humanos, por meio da reflexão para o reposicionamento estratégico da agenda de luta por direitos humanos no Brasil.

Na programação de hoje também há a realização da Oficina de Direitos Humanos no auditório do Sindicato dos Bancários a partir das 14h. Às 16h30, está prevista a realização da plenária, que irá sistematizar os principais aspectos conceituais para orientar os sujeitos e lutas por direitos humanos. Às 18h, será apresentado o filme “Jabuti e a Anta”, sobre a realidade das populações indígenas.

A programação segue no sábado com a realização da oficina Definição de eixos e estratégias de ação comum, além da realização de um trabalho em grupos para identificar eixos e estratégias para cada eixo.

Fonte: ALEPA
Compartilhe!