Search
Close this search box.

Em visita à Assembleia Legislativa, o diretor da Secretaria Especial de Editoração e Publicações do Senado Federal – SEEP, Florian Madruga, doou à Casa cópias da Constituição do Estado do Paraná em braille, que passarão a integrar o acervo do Centro de Pesquisa e Documentação, órgão vinculado à Diretoria Legislativa da Assembleia. Neste momento o Centro está empenhado na reconstituição, organização e digitalização dos processos lá armazenados.

Encadernados, os Anais desde 1970 estão sob a guarda do Legislativo, mas não foram arquivados de forma padronizada. Em muitos casos os processos estão incompletos, faltando páginas ou com páginas em mau estado. Mediante um trabalho intensivo de pesquisa, os onze servidores do setor levantam junto ao Palácio Iguaçu, à Biblioteca Pública do Paraná e ao Arquivo Público, as partes que faltam para complementar a documentação.

Padronização – “A inexistência de um padrão para o arquivamento do material, até mesmo a forma descuidada e desorganizada com que ele foi guardado, dificulta muito a pesquisa, inclusive pelos nossos próprios servidores. Tivemos que começar quase que do zero, pela higienização desse material, numeração das páginas e a complementação do que estava faltando. Quando essa etapa estiver concluída, teremos também toda a documentação da Assembleia digitalizada e integrada ao sistema, de forma que possa ser consultada tanto fisicamente quanto via internet”, explica a titular da Diretoria Legislativa, Lucília Felicidade Dias, prevendo que isso poderá acontecer já no início do próximo ano.

“Não podemos nos esquecer de que se trata de uma tarefa meticulosa e que deve ser realizada com todos os cuidados, atestando devidamente as alterações e acréscimos em cada um dos processos. A intenção da atual Mesa Executiva é dotar a Casa de um banco de dados eficiente, que sirva não apenas aos nossos parlamentares e à administração, mas possa ser acessado por quem tiver interesse em consultá-lo, a qualquer tempo, conferindo maior transparência à atuação do Legislativo”. Acrescenta.

Além da Diretoria Legislativa, outros setores da Casa também deverão fazer um levantamento completo de sua documentação. “Já avançamos bastante”, comemora a diretora Lucília Dias. “Digitalizamos toda a produção legislativa relativa ao período de 2012 a 2009. Estamos iniciando a produção de 2008. A DL já dispõe de todo essa material em PDF. E vamos trabalhar também com Diários Oficiais antigos, buscando preencher as profundas lacunas que encontramos”.

Fonte: ALEP

Compartilhe!