alegooComprometido com o Governo estadual nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e ressaltando a necessidade da união para o enfrentamento da doença, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), deputado Lissauer Vieira (PSB), visitou na manhã de sábado, 11, as obras de construção do primeiro hospital de campanha do Governo Federal, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e do governador do Estado, Ronaldo Caiado (DEM), o chefe do Legislativo goiano conheceu a montagem da estrutura hospitalar que, segundo ele, servirá de reforço para o tratamento dos pacientes e deverá ser concluída daqui a 12 dias.

“Sem dúvidas, esse hospital de campanha será um grande reforço para aquelas pessoas que precisarem de tratamento. Serão mais de 200 leitos disponíveis em nosso Estado para atender os pacientes. Com toda certeza, uma estrutura montada com o único objetivo de salvar vidas”, disse Lissauer.

O presidente da Alego ressaltou ainda que a obra é fruto da união entre os Poderes, destacando o empenho dos Governos Federal, Estadual e Municipal, representado pelo prefeito de Águas Lindas de Goiás, o ex-deputado estadual Hildo do Candango (PTB). “Sabemos que o momento é delicado e difícil para todos nós, mas, com a união entre todos os governos e sociedade, vamos conseguir superar essa pandemia. Esse é o nosso principal desejo”, frisou Lissauer.

O encontro entre Caiado e Bolsonaro foi o primeiro após o chefe do Executivo goiano ter declarado que não concordava com o posicionamento do presidente, que disse publicamente ser contra as medidas de isolamento social defendidas pelo Ministério da Saúde e colocadas em prática com rigor no território goiano.

O governador de Goiás vistoriou a construção e agradeceu ao Governo Federal pela obra. “Quero agradecer o presidente, aos ministros e também ao nosso prefeito por essa estrutura que está sendo trazida para a cidade de Águas Lindas. Serão 200 leitos que podem ser transformados em UTIs, dando tranquilidade a quem venha precisar do atendimento por problemas respiratórios”, declarou Caiado.

Além do presidente da República, do governador de Goiás e do presidente do Poder Legislativo goiano, também participaram da vistoria às obras do hospital os ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), além do vice-governador do Estado, Lincoln Tejota; do secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino; prefeito Hildo do Candango e outras autoridades.

Hospital de campanha

A escolha do local foi feita após pedido de apoio do Governo de Goiás à União devido à necessidade de atenção especial à Covid-19 na região. O hospital passa a complementar os sistemas de saúde de Goiás e do Distrito Federal.

A unidade de saúde terá 200 leitos adaptáveis para unidades de tratamento semi-intensivas, com tubulação e suporte para respiradores. A área construída será de 115×30 metros, além de uma área de 20×75 metros de suporte, com refeitório e alojamento para os profissionais de saúde. O valor total da obra é de cerca de R$ 10 milhões, com estimativa de conclusão em 15 dias.

Fonte: ALEGO
Compartilhe!