Foto: José Leomar

A Assembleia Legislativa, em parceria com as diretorias do Ceará Sporting Club e do Fortaleza Esporte Clube, com a Federação Cearense de Futebol (FCF), com a Secretaria do Esporte (Sesporte) do Estado e a Fecomércio, lançou, na manhã desta sexta-feira (31/03), a campanha “Gol Solidário – Unidos Contra a Fome”, destinada à arrecadação de alimentos para as famílias desabrigadas do Estado.

Em coletiva de imprensa, o presidente da Alece, deputado Evandro Leitão, anunciou a criação do projeto, que vai mobilizar clubes, FCF, além dos parlamentos estadual e federal, no sentido de incentivar a população a doar alimentos para as famílias cearenses mais necessitadas.

Nesse primeiro momento, segundo o chefe do Legislativo estadual, a campanha é pontual, tendo como marco os dois jogos finais do Campeonato Cearense de futebol, entre Ceará e Fortaleza, que acontecem neste sábado (01/04) e no próximo (08/04). “Além desses dois jogos, a intenção é que a campanha seja contínua, até o final do ano, para que tenhamos os donativos e os alimentos necessários para destinar a quem mais precisa”, informou.

Evandro Leitão destacou que para as duas partidas finais do Campeonato Cearense, os pontos de doação de alimentos são as sedes oficiais de Ceará e Fortaleza, além da FCF e o próprio estádio Arena Castelão, local em que serão disputados os jogos.

O presidente do Ceará Sporting Club, João Paulo Silva, parabenizou a iniciativa liderada pela Assembleia, exaltando a importância social. “Nós esperamos fazer o engajamento de todos os nossos torcedores nessa ação que é tão importante para o povo cearense”, destacou.

Na avaliação de Thiago Fujita, presidente do Bem Tricolor, Associação responsável por ações sociais do Fortaleza Esporte Clube, o poder público precisa se juntar ao privado para buscar ações que tenham o objetivo de dar conforto aos mais carentes. “Nós reforçamos a necessidade de que essa ação não seja apenas pontual, mas sim de continuidade, para que possamos utilizar a paixão do torcedor pelo clube com o seu espírito de solidariedade”, ressaltou.

O presidente da Federação Cearense de Futebol, Mauro Carmélio, assinalou que a campanha une clubes, federações e o poder público em prol de um bem comum. “Vamos fazer um grande trabalho de sensibilização do torcedor, para que ele possa ser solidário e ajudar os nossos irmãos menos favorecidos de todo o Estado durante todo o ano”, endossou.

Para o secretário do Esporte do Estado, Rogério Pinheiro, algumas regiões cearenses passam por um momento bastante delicado, no que diz respeito aos efeitos das fortes chuvas, que têm resultado em famílias desabrigadas e com dificuldades para se alimentar. “Estamos de braços abertos para receber todas as doações, com a ajuda de um grande sistema de apoio, que envolve a Assembleia Legislativa, a Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio)”, pontuou.

Fonte: ALECE

Compartilhe!