aleap-20-08Paula Rabelo tem 28 anos e aprendeu há dez meses como transformar papelão e tecido em brincos. O negócio começou tímido. No início, a empreendedora enfrentou dificuldades, mas não desistiu e criou a marca Estilo Artesanal Biju. Foi pensando nessas dificuldades, que foi proposta a criação da Política Estadual de Estímulo ao Empreendedorismo Feminino. O Projeto de Lei nº 0251/2017 foi aprovado na terça-feira (7), durante sessão na Assembleia Legislativa do Amapá.

A proposta visa incentivar o empreendedorismo feminino e surgiu após a parlamentar percorrer os 16 municípios com o projeto Caminho Empreendedor, levando capacitação e órgãos de fomento para atender mulheres que empreendem ou desejam empreender.

Capacitação, linhas de financiamento, ações de empreendedorismo e educação empreendedora são alguns dos itens que constam no projeto. Para Paula, a implantação da Política Estadual de Estímulo ao Empreendedorismo Feminino é uma oportunidade para que as mulheres não desistam de empreender. “Enfrentei muitas dificuldades quando iniciei. Com a implantação desse tipo de política, que incentiva ações como as feiras, terei oportunidade de ampliar o meu mercado de atuação”, afirmou a empreendedora.

O projeto segue para sanção d governo do estado.

Fonte: ALEAP
Compartilhe!