Foto/Divulgação

O fundador mundial da comunidade terapêutica “Fazenda da Esperança”, Frei Hans Stapel, responsável pela implantação das 136 unidades da obra social em todos os estados do Brasil e em mais de 74 países de todos os continentes, visitou Macapá pela primeira vez em missão eclesiástica depois da inauguração da entidade há três anos.

Frei Hans Stapel seguiu direto para a unidade da fazenda, localizada na AP-010 (estrada Macapá/Mazagão), onde celebrou missa acompanhado do clero local. Na ocasião, o ilustre visitante recebeu troféu e medalha das mãos do deputado estadual Max da AABB, que na solenidade representou a Assembleia Legislativa do Amapá, parceira da instituição desde o início das atividades em Macapá.

“Me sinto honrado com esse reconhecimento e ao mesmo tempo é uma alegria em saber que a Assembleia Legislativa apoia essa causa tão nobre. Isso é uma prova que devemos sempre trabalhar juntos. A união faz a força. Muito obrigado ao parlamento estadual aqui do Amapá”, retribuiu Frei Hans.

Em breve discurso, na hora da entrega da comenda ao Frei Hans Stapel, o deputado Max da AABB destacou que “é uma singela homenagem da Assembleia Legislativa para o senhor que é o símbolo maior desta entidade, e que vai continuar recebendo o apoio total do parlamento estadual tanto agora quanto mais à frente quando inaugurarmos a fazenda feminina”, enfatizou o parlamentar.

O representante da Assembleia Legislativa em Brasília, Elpídio Amanajás, considerou a vinda do Frei Hans ao estado “o fortalecimento e um avanço para a concretização da segunda etapa do projeto no Amapá, que é a instalação do módulo feminino e em todas essas fases o parlamento estadual vai estar apoiando”, resumiu Amanajás.

O presidente da Fazenda da Esperança no Amapá, Evandro Carneiro, também considerou a presença do fundador da maior das comunidades terapêuticas do Brasil, “um momento histórico justamente quando estamos dando vida no projeto de expansão dessa instituição e mais uma vez com o apoio da Assembleia Legislativa essa estrutura vai se tornar cada vez mais forte”, salientou.

Em 1983, o frade franciscano alemão Hans Stapel criou em Guaratinguetá (SP) a Fazenda da Esperança – juntamente com Nelson Giovanelli, jovem que frequentava a paróquia. Segundo ele, os centros combinam espiritualidade, trabalho e convivência.

Histórico
A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica que atua desde 1983 no processo de recuperação de pessoas que buscam a libertação de vícios, principalmente do álcool e das drogas. Seu método de acolhimento engloba três aspectos: o trabalho, a convivência em família e a espiritualidade.

Fonte: ALEAP