Para melhorar o Sistema Socioeducativo de Mato Grosso, dando oportunidade aos menores infratores de se recuperar com dignidade e respeito, a Assembleia Legislativa vai priorizar a construção de pelo menos cinco dos 11 complexos de ressocialização necessários para atender a demanda em todo o estado. A iniciativa será debatida no Colégio de Líderes que garantirá no orçamento estadual de 2012 os recursos necessários à consolidação da proposta.
Para melhorar o Sistema Socioeducativo de Mato Grosso, dando oportunidade aos menores infratores de se recuperar com dignidade e respeito, a Assembleia Legislativa vai priorizar a construção de pelo menos cinco dos 11 complexos de ressocialização necessários para atender a demanda em todo o estado. A iniciativa será debatida no Colégio de Líderes que garantirá no orçamento estadual de 2012 os recursos necessários à consolidação da proposta.

De acordo com o presidente da AL, deputado José Riva (PP), que assinou na segunda-feira (22) o convênio com o Tribunal de Justiça e demais órgãos que apoiam a iniciativa, também será feita uma mobilização para captação de recursos do Governo Federal a fim de que todo o sistema seja melhorado e ampliado.

Dentre as prioridades para melhorar o sistema, a Assembleia Legislativa vai contribuir na construção e implantação dos sistemas socioeducativos e da Casa de Tratamento, por meio do esforço político viabilizando linha de crédito junto aos governos Estadual e Federal.

Compartilhe!