As regras de organização e etiqueta que fazem parte do cotidiano nos três poderes ganharam uma atenção especial, na manhã desta quarta-feira (9), durante a reunião da Associação Brasileira de Cerimonialistas dos Legislativos Estaduais (ABCLE), realizada na Arena Pernambuco, em Recife, como parte da programação da 25ª  Conferência Nacional da UNALE. O evento contou com as presenças de profissionais de diferentes estados, que puderam assistir palestras sobre a precedência em situações diversas.

Laura Falcão, chefe do cerimonial da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), e presidente da ABCLE enfatizou a importância da precedência. ”Nosso projeto é discutir, principalmente, a questão da precedência, que é uma particularidade que aflige os cerimonialistas de todo o País, não só do legislativo”.

De acordo com Coronel Franklin, que já foi presidente da associação, a precedência em situações diversas é o básico em um cerimonial. “A gente sabe que é o básico em um cerimonial, qualquer evento que se preze, é necessário ter a organização para tudo funcionar”.

Ainda segundo Francklin, o aprendizado é fundamental para a melhoria do serviço nos eventos.

“Os chefes dos cerimoniais das assembleias legislativas têm a oportunidade de compartilhar os desafios e soluções no âmbito da atividade. Além disso, os cerimonialistas podem aprender novidades que contribuem para evitar o cometimento das gafes”, ressaltou.

Outra palestra durante a realização do evento foi ministrada por Pedro Amorim, estrategista em cerimonial, para discutir a respeito da precedência em eventos públicos, segundo ele.

“O Brasil é o grande destaque, quando se fala em cerimonial, a minha intenção durante essa palestra é trazer uma reflexão acerca das diferenças sobre as organizações nas diferentes Casas Legislativas”

A ABCLE acredita que o Jubileu de Prata da Conferência será comemorado com toda pompa e circunstância, reunindo as Casas Legislativas para debater temas relevantes para o fortalecimento  do Legislativo e da democracia e para o  desenvolvimento social e econômico do Brasil.

A palestra da ABCLE durante a 25ª Conferência da Unale fez parte do XIII Encontro de Cerimonialistas dos Legislativos Estaduais.

Por Danilo Gonzaga/ Ascom Unale

Compartilhe!