evento-em-recife-da-unale

Planejamento e gestão do conhecimento foram destaques de debate no Seminário, promovido pela Secretaria de Segurança da Unale em parceria com a Assembleia Legislativa de Pernambuco, na tarde desta quinta-feira (01), em Recife/PE.

O encontro, que teve como abordagem principal os temas: Políticas Públicas e Segurança, reuniu parlamentares de todo o Brasil, profissionais de segurança pública e estudantes, que discutiram com afinco a segurança urbana e modelos referenciais da gestão ativa e eficiente para combater a violência.

Na ocasião, foi ministrada palestra pelo secretário de Segurança da Prefeitura de Recife, Murilo Cavalcante, que relatou uma experiência de observação em Medellín/Colômbia, e demonstrou a forma como o governo colombiano atuou efetivamente para reduzir os níveis de criminalidade do país.

Também esteve presente como palestrante, o consultor legislativo da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Victor Barreto, que apresentou o programa Pacto Pela Vida, que se traduz em uma política pública baseada no modelo de gestão que prevê o monitoramento permanente das ações e resultados.

O presidente da pasta de Segurança, Eriberto Medeiros (PTC-PE), disse que “é fundamental a realização de eventos como este para que a população possa acompanhar de perto e debater junto com os seus representantes, as mais variadas alternativas para combater a violência”.

Para a presidente da Unale, deputada Ana Cunha (PSDB-PA), a segurança pública está diretamente ligada à atuação do estado que – através das políticas públicas – tem como dever proporcionar um país mais seguro. No entanto, ela acredita que a violência deve ser discutida não só pelo legislativo, mas por todos os poderes. “A falta de segurança é movida por um crescimento desenfreado da violência em todos os lugares, por isso, devemos combater a raiz do problema, atuando de forma conjunta entre os poderes legislativo, executivo e judiciário, de maneira a buscar sempre atender as demandas da sociedade”, destacou.

Pacto pela Vida

O Pacto pela Vida é uma política pública de segurança, transversal e integrada, construída de forma pactuada com a sociedade, em articulação permanente com o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Assembleia Legislativa, os municípios e a União. O marco inicial foi a elaboração do Plano Estadual de Segurança Pública, do qual saíram 138 projetos estruturadores e permanentes de prevenção e controle da criminalidade, produzidos pelas câmaras técnicas, aglutinados em torno das linhas de ação e executados por organizações do Estado e da sociedade.

O Pacto Pela Vida visa, principalmente, a prevenção de homicídios, mas também cuida de um conjunto de crimes que despertam insegurança na população. A meta básica é reduzir em 12% ao ano as taxas de mortalidade violenta intencional em Pernambuco.

Compartilhe!