648O presidente da Comissão da Criança e Adolescente (CCA) da ALEGO e secretário da Secretaria da Juventude da Unale, deputado Carlos Antonio (PSDB), recebeu na manhã desta terça-feira, 5, para reunião de trabalho, o vice-presidente de assuntos políticos da Pasta, deputado Dirceu Ten Catem (PT-PA) e a presidente do Conselho Estadual da Juventude de Goiás, Aava Santiago.

Na oportunidade, foram discutidas formas de organização para a execução das deliberações aprovadas durante o Seminário da Juventude, que ocorreu no dia 9 de novembro, em Belém/PA. Uma temática muito abordada durante o seminário foi o desenvolvimento de políticas públicas e violência contra jovens.

Dirceu Tem Catem explicou como se deu o seminário em Belém e quais os objetivos da reunião que ocorreu hoje. “Vamos fazer uma compilação desse trabalho que foi realizado no estado do Pará, para que no ano que vem, quando tivermos a nossa Conferência Nacional, realizada em maio na cidade de Gramado-RS, possamos apresentar para todos os deputados do Brasil aquilo que nossa Secretaria produziu nesse ano. Também queremos publicar uma cartilha para fazer parte da revista anual da Unale”, contou.

Ademais, o deputado paraense falou que além da construção de uma cartilha para estimular os demais estados da Federação a construírem um instrumento permanente de debate das políticas públicas, busca-se estimular as Casas Legislativas a criar Comissões ou Frentes Parlamentares para discutir sobre a Infância e Juventude. “Nós podemos agregar todas aquelas propostas e políticas públicas que já são realidade em alguns estados para que se tornem realidade nos demais estados “, citou.

Ele ainda contou que o Seminário da Secretaria da Juventude em Belém teve como finalidade construir políticas públicas voltadas para o segmento juvenil e especificamente em relação ao combate e ao enfrentamento do extermínio da juventude negra de periferia. “Esse é um problema que afeta o país, mas em particular a Amazônia, e o Pará que de acordo com o mapa da juventude são os estados que apresentam os números mais altos de mortes de jovens negros de periferia”.

Carlos Antonio, afirmou que o foco da reunião dessa manhã é tratar de políticas públicas para Goiás. “Gosto do resultado na ponta, gosto que a coisa chegue na sociedade”, ressaltou.

Fonte: ALEGO Foto:

 

Compartilhe!