almt_cirandamundoDemocratizar o acesso à cultura e mobilizar a sociedade na ajuda solidária às instituições filantrópicas são as notas que têm dado o tom ao trabalho desenvolvido pela Sala da Mulher da Assembleia Legislativa, em sintonia com o espaço cultural da Casa, o Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros.

Hoje (30), a partir das 20 horas, subirão ao palco jovens músicos da Orquestra CirandaMundo, sob a regência do maestro Murilo Alves. A entrada é gratuita, até o limite de capacidade do Teatro.

No repertório, obras tradicionais do universo clássico, música de concerto latino-americana e regional. Nesta primeira apresentação em 2016, a orquestra trará a Abertura Coriolano, do compositor alemão Ludwig van Beethoven, e obras que caracterizam toda a força orquestral da música de compositores latino-americanos, como a Conga del Fuego Nuevo, de Arturo Marquez, e a Suíte do Balé Estância, do argentino Alberto Ginastera.

O evento tem participação especial: será tocado o Concertino para Trombone e Cordas, do compositor Erik Larsson, que terá como solista o jovem e trombonista cuiabano Nemuew Wylk.
Idealizado pelo hoje titular da Secretaria de Estado de Cultura, maestro Leandro Carvalho, principal regente da Orquestra Sinfônica do Estado de Mato Grosso, o “Instituto Ciranda Música e Cidadania” nasceu em 2003 e, de então a agora, formou musicistas “à ufa”, como diz o bom cuiabano, além de revelar talentos mundo afora.

É o caso da violinista Lindi Mariana que, após ter se destacado em apresentação na mineira Poços de Caldas, foi convidada para festival de música em Praga, capital da República Checa. Ao violoncelo, Rafaela Albuquerque despertou os experientes ouvidos de maestros búlgaros e foi para Sófia.

Hoje, sob a direção do maestro Murilo Mendes, além do Coral e Orquestra Primeira Ciranda, o Instituto mantém a Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de Mato Grosso, carro-chefe do excepcional trabalho artístico e social desenvolvido pela instituição.

ALIMENTOS – No fim de semana passado, em parceria com a Orquestra do Estado de Mato Grosso que, regida pelo maestro Leandro Carvalho, acompanhou o solo do trombonista Vittor Santos em homenagem ao compositor Milton Nascimento, a Sala da Mulher da Assembleia Legislativa arrecadou duas toneladas de gêneros alimentícios, doação solidária do público que lotou o espaço cultural da Casa.

Ano passado, em nove eventos realizados (sete deles no Teatro Zulmira Canavarros), a Sala da Mulher arrecadou mais de 16 toneladas de alimentos, que foram destinados a 15 diferentes entidades filantrópicas. Ao todo, mais de duas mil pessoas foram beneficiadas em Cuiabá, entre crianças, adultos e idosos.

Para este ano, a presidente de honra Maria Tereza Maluf adianta o plano de realizar campanhas que também favoreçam instituições no interior mato-grossense.

CIRANDAMUNDO 2016 – O Instituto Ciranda, que a partir de agora passa a ser Instituto CirandaMundo, apresentará  um espetáculo musical repleto de energia e cumplicidade com a música, com seu corpo artístico formado por uma maioria de jovens músicos mato-grossenses.
A sinfônica é composta por alunos, monitores e professores de música formados no consolidado programa pedagógico musical do Instituto Ciranda, que hoje multiplicam seus conhecimentos para aproximadamente 1, 5 mil crianças em oito cidades de Mato Grosso.

Com sua programação distribuída em séries especiais de concerto homenageando Mato Grosso, além dos concertos da Série Cerrado, a orquestra também se apresenta com repertório diferenciado nas séries Araguaia, Pantanal e Amazônia, com destaque, em 2016, para o concerto dos dez anos do Grupo Ciranda Sax, na Série Amazônia, e o concerto especial da Série Araguaia, que unirá artistas renomados da música mato-grossense, como Estela Ceregatti e o grupo Alma de Gato, e com Ivan Lins, um dos maiores nomes da música popular brasileira de todos os tempos.

Fonte: ALMT

Compartilhe!