whatsapp-image-2017-08-21-at-16-31-361A diretoria da Unale esteve reunida hoje (21) em Brasília, com os presidentes e demais membros das Secretarias Temáticas da entidade para debater a agenda de trabalho das respectivas pastas. O objetivo do encontro foi articular a atuação das Secretarias durante a nova gestão, 2017-2018.

Os parlamentares que compõem as sete secretarias — Juventude, Mulher, Saúde, Cidades, Segurança e Educação, Ciência e Tecnologia, além da recém-formada pasta de Agricultura — apresentaram o plano de ação para os próximos meses. O presidente da entidade, Luciano Nunes (PSDB-PI), enalteceu a importância de se discutir os temas de forma descentralizada e enfatizou que o trabalho deve ser cada vez melhor.

“O que eu espero é que cada pasta realize, pelo menos, uma sessão temática em regiões diferentes. Assim, a Unale dará continuidade ao plano de gestão da Unale, que é estar presente fisicamente em todas as unidades da federação”, explanou o presidente. Nunes também pediu que cada Secretaria deixe um relatório das atividades desenvolvidas durante a gestão, para preservar a história da entidade e também dar continuidade às ações.

Durante o encontro, os parlamentares sugeriram datas e locais para a realização de seus seminários. As sugestões serão finalizadas em reuniões separadas e comporão um calendário oficial.

Nova composição das Secretarias

Das seis pastas reativadas em 2015, durante a gestão do presidente Sandro Locutor (PROS-ES), apenas a de Mulher manteve a presidente, Celise Laviola (PMDB-MG). “Espero que este ano possamos debater um tema pouco discutido, que é a violência doméstica contra a mulher no campo. Além de dar continuidade nos temas que estamos trabalhando durante estes anos, como a saúde e o empoderamento feminino”, disse Celise, que está em seu terceiro mandato à frente da secretaria.

As novas composições das pastas — formadas por presidente, três vices e um secretário — foram eleitas após o encerramento da 21ª CNLE, que ocorreu em junho, em Foz do Iguaçu-PR. Os deputados Severo Eulálio (PMDB-PI), Marcelo Cabral (PMDB-RR), Jesuino Boabaid (PMN-RO) e Wellington do Curso (PP-MA) assumem as pastas de Juventude, Cidades, Segurança e Educação, Ciência e Tecnologia, respectivamente. Já Fabíola Mansur (PSB-BA) preside a Secretaria de Saúde.

Wellington do Curso sugeriu como temas, a criação de creches e a valorização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Já Severo Eulálio pontuou que a secretaria de Juventude quer discutir o novo ensino médio e o extermínio da juventude negra. Os deputados Ronaldo Santini (PTB-RS) e Catarina Paladini (PSB- RS), vice-presidentes da pasta de Segurança, sugeriram a revisão de pontos do código penal e do regime semiaberto.

Representando a Secretaria de Saúde, a atual secretária da pasta e ex-presidente, Goretti Reis (PMDB-SE), destacou a distribuição do kit das campanhas de Setembro Verde, Outubro Rosa, Novembro Azul e Dezembro Vermelho. “É muito bom ver o encaminhamento das nossas ações tendo prosseguimento. Esse é um trabalho que iniciamos ano passado e agora está dando fruto”, pontuou.

Esta reunião também foi o primeiro compromisso da Secretaria de Agricultura, que será lançada oficialmente durante a próxima Reunião de Diretoria Executiva, no dia 31 deste mês, em Esteio-RS, na Casa da Assembleia do estado, na Expointer. Assumindo a presidência da pasta, o deputado tocantinense, Olyntho Neto (PSDB-TO) afirmou que gestão será focada em levantar a bandeira do agronegócio, “uma das bases da economia brasileira”.

Também participaram da reunião o tesoureiro-geral da Unale, Ciro Simoni (PDT-RS) e o vice-presidente, Ademir Bier (PMDB-PR). Além da vice-presidente de Mulher, Liziane Bayer (PSB-RS); o vice-presidente de Juventude, Dirceu Ten Caten (PT-PA); o vice-presidente de Cidades, Raniery Paulino (PMDB-PB) e o vice-presidente de Educação, Ciência e Tecnologia, Gustavo Fernandes (PMDB-RN).

Marina Nery / Ascom Unale
Compartilhe!