adjutoEstiveram reunidos na sede da Unale, em Brasília, nesta quinta-feira (2), para debater a organização da 21ª edição da Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, o presidente da Unale, deputado Adjuto Afonso (PDT-AM), o secretário-geral da entidade, deputado Luciano Nunes (PSDB-PI), o tesoureiro-geral, deputado Sandro Locutor (PROS-ES), o conselho gestor, a assessoria jurídica, a gerência e a direção da entidade. Além do presidente da Comissão da Reforma Previdenciária e da Secretaria  de Educação, Ricardo Barbosa (PSB-PB).

O objetivo era  formular estratégias para o evento, que reunirá parlamentares estaduais de todo o Brasil, para discutir temas que afetam diretamente a sociedade, como a crise penitenciária e as reformas da previdência e trabalhista.foto-02

Enquanto presidente da entidade, o parlamentar amazonense encabeçou a discussão e comentou a importância de se trabalhar uma solução dentro de um contexto nacional. “Vamos discutir e elaborar um documento para ser entregue posteriormente ao governo federal com sugestões dentro da realidade de cada região”, afirmou.

Conferência Nacional

A 21ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE) será realizada no período de 7 a 9 de junho, em Foz do Iguaçu, Paraná. Estima-se um público aproximado de 1.800 participantes, dentre parlamentares estaduais e federais, governadores, agentes legislativos, prefeitos, vereadores, além de comitivas nacionais e internacionais.

adjuto2Visita à Câmara Legislativa

Após a reunião da diretoria, a comitiva de deputados seguiu para a sede da Câmara Legislativa do Distrito Federal, onde foi recebida pelo presidente, o deputado Joe Carlo Viana Valle (PDT-DF). Na ocasião, a comitiva reforçou o papel da Unale, que representa 1.059 deputados estaduais em todo o país. “Somos um parlamento forte, representamos a maioria e vamos participar mais de perto das decisões no Congresso”, disse Adjuto Afonso.

Com informações da Ascom Adjuto Afonso
Compartilhe!