628643O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, José Vitti (PSDB), agraciou o presidente da Unale, Luciano Nunes (PSDB-PI), o ex-presidente, Sandro Locutor (PROS-ES), e ao diretor-geral, Germano Stevens, com a Comenda da Ordem do Mérito Anhanguera. A entrega ocorreu durante cerimônia realizada nesta terça-feira (25), na cidade de Goiás (também conhecida como Goiás Velho), há 140 km da capital goiana.

Durante o evento, Luciano Nunes falou da honra de receber a gratificação. “Recebi com muita satisfação a medalha da Ordem do Mérito Anhanguera – Grande Oficial. Esta que é a mais alta honraria conferida pelo governo daquele estado e demonstra o reconhecimento do papel desenvolvido pela Unale ”, afirmou.

O evento faz parte da transferência simbólica da capital para a cidade de Goiás, que passa a ser sede dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Esta é uma homenagem à primeira capital goiana e ocorre tradicionalmente no dia 26 de julho, aniversário de fundação da cidade, que em 2017 comemora 290 anos. Neste ano, a cerimônia foi transferida para o dia 25 através do decreto n° 8.991, pelo governador do estado, Marconi Perilo (PSDB), responsável por instalar os Três Poderes na cidade e entregar o primeiro grau da comenda aos homenageados.

“Com muita alegria recebi a comenda da Ordem do Mérito Anhanguera grau Grã-Cruz, das mãos do governador Marconi Perillo. Como representante do Poder Legislativo, agraciei também com a medalha três representantes da Unale. Foi uma grande satisfação e alegria participar desse momento histórico, pois ao completar 290 anos a nossa antiga Vila Boa mantém viva a cultura do nosso estado e a essência dos goianos”, disse José Vitti, que foi promovido de Grande Oficial para Grã-Cruz, junto com o presidente do Tribunal de Justiça, Gilberto Marques.

Também receberam a Comenda da Ordem do Mérito Anhanguera grau Grã-Cruz os ministros da Cultura, João Batista de Andrade; dos Direitos Humanos, Luislinda Dias De Valois Santos, da Saúde, Ricardo José Magalhães Barros; e os governadores José Renan Calheiros Filho (AL), Reinaldo Azambuja Silva (MS), Fernando Pimentel (MG), Rodrigo Sobral Rollemberg (DF), José Wellington Barroso De Araújo Dias (PI) e Maria Suely Campos (RR). Além dos embaixadores da Alemanha, Argentina, Chile, Paraguai, Sri Lanka, Uruguai, Vietnã, Congo, e a ministra conselheira de Singapura.

Ordem do Mérito Anhanguera — A condecoração, instituída pelo Decreto nº. 479/75 e regulamentada Decreto Nº 2.102/82, é concedida à autoridades e cidadãos com relevantes serviços prestados ao estado de Goiás em diversas áreas. Ela é dividida em três vertentes: Grã-Cruz (fita verde), Grande-Oficial (fita azul) e Comendador (fita amarela), sendo o governado do estado o Grão-Mestre da Ordem. Neste ano, 268 pessoas foram agraciadas, entre elas ministros, governadores, embaixadores, presidentes de poderes, prefeitos, profissionais de diversas áreas, lideranças classistas, empresariais e religiosas.

Marina Nery/ Ascom Unale *Com informações do Governo de Goiás
Compartilhe!