Para conter o avanço dos índices de contaminação por coronavírus, diversos estados e o Distrito Federal decretaram ponto facultativo nesta sexta-feira. Buscando adaptações à nova realidade, os estados têm reavaliado as medidas de acordo com a evolução dos índices.

No Mato Grosso, por exemplo, o governo determinou a redução de expediente nos órgãos públicos para conter avanço da Covid-19. Os atendimentos deverão ser realizados preferencialmente por meio eletrônico ou via telefone, e quando isso não for possível, os atendimentos presenciais deverão ser agendados visando evitar aglomerações.

O governo gaúcho também aperta as medidas e revisa modelo de distanciamento controlado, alterando o ponto de corte de indicadores e troca de bandeiras. Algumas regiões do estado podem ter medidas de distanciamento mais rígidas. O aumento do número de casos e de internações pela Covid nas últimas semanas motivou o ajuste.

Já na capital pernambucana, se avalia o retorno gradual das atividades. A prefeitura de Recife apresentou Plano de Convivência com a Pandemia. O cronograma prevê cinco fases e tem pontos similares ao plano estadual, porém com datas diferentes, embora ainda não tenham sido anunciadas. O plano prevê a retomada gradual de atividades econômicas e sociais, como abertura do comércio de rua e praias.

Mais informações: clica aqui.

Compartilhe!