js2018_unale_489x385px_saEncerra-se no dia 17 de agosto o prazo para que as escolas encaminhem as redações selecionadas no Jovem Senador 2018 para as secretarias de educação estaduais e do DF. As três melhores redações de cada estado serão enviadas a Brasília.

— Todas as redações que chegarem às secretarias até o dia 17 de agosto, conforme data de postagem nos Correios, poderão participar da etapa de seleção nos estados. Em Brasília, uma comissão julgadora do Senado escolherá a melhor redação de cada unidade da Federação e, entre essas, as três melhores do país — explica Maria Cristina Monteiro, diretora da Secretaria de Relações Públicas, Publicidade e Marketing, unidade responsável pela organização do Projeto.

O Jovem Senador é um projeto anual que incentiva a participação cidadã dos jovens oferecendo uma experiência de vivência política no Parlamento. Por meio de um concurso de redação nacional, o projeto seleciona os melhores textos de estudantes de até 19 anos do ensino médio das escolas públicas estaduais e do Distrito Federal. A cada ano é proposto um tema de redação como forma de ingresso e em 2018 o tema é “A Constituição Cidadã 30 anos depois”.

Os estudantes têm a oportunidade de conhecer de perto o trabalho dos senadores e o processo legislativo brasileiro. A legislatura tem duração de quatro dias e inicia-se com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem. Os trabalhos são encerrados com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

Este ano o projeto chega à sua oitava edição e o resultado final deverá ser divulgado até o dia 11 de outubro. Todas as informações para os alunos se inscreverem no Projeto estão disponíveis no site do Jovem Senador.  Também é possível conferir os principais números do JS, o perfil dos jovens senadores, dos professores orientadores, as redações vencedoras, fotos, vídeos, notícias, e outros dados sobre o Projeto.

Fonte: Senado Federal
Compartilhe!