reuniap-da-diretoria-da-unaleA diretoria executiva da Unale se reuniu na manhã da sexta-feira (02), em Recife, para debater os encaminhamentos das pastas de trabalho da atual gestão para o ano de 2017 e discutir local e data de realização da 21ª edição da Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais.

Com uma agenda extensa de seminários e debates acerca das pastas das secretarias especiais da Unale – Saúde, Mulher, Educação, Ciência e Tecnologia, Segurança, Cidades e Juventude –, os presidentes estabeleceram as metas para 2017 e visam buscar o aprimoramento na discussão de temas de relevância para atender a demanda dos cidadãos.

Na ocasião, foi deliberada a escolha do estado do Paraná, em Foz do Iguaçu, para a realização da XXI CNLE, que será realizada entre os dias 07 e 09 de junho do próximo ano. Com o tema: Brasil: reformas que tivemos X reformas que necessitamos, a conferência nacional, considerada o maior encontro de parlamentares da América Latina, reunirá especialistas que irão promover um debate rico em conhecimentos aprofundados sobre as reformas pelas quais os país passou, abrangendo as necessidades que ainda não foram supridas e quais as reformas que necessita passar para garantir o retorno do crescimento e o desenvolvimento nacional.

“O Brasil precisa retomar as discussões do que é necessário para voltar a crescer. Somos um país forte, que está abalado em sua estrutura, mas que possui muito potencial de referência para sair desta crise. Na XXI CNLE, iremos discutir os novos caminhos que o país pode traçar”, relatou a presidente da Unale, deputada Ana Cunha (PSDB-PA).

Ainda no encontro, foram destaques da discussão o encaminhamento por parte do Palácio do Planalto ao Congresso Nacional – conforme firmado com o presidente Michel Temer em reunião realizada em Brasília – do texto da Proposta de Emenda à Constituição nº 47/2012, que aumenta a autonomia legislativa dos estados e o fortalecimento da Unale frente à Câmara e ao Senado Federal, através da Frente Parlamentar Mista, presidida pelo deputado federal, Covatti Filho (PP-RS).

Na oportunidade, foram instituídas duas novas comissões que acompanharão a Reforma Previdenciária e a Reforma Política no Congresso Nacional.

Por conseguinte, os parlamentares presentes destacaram a importância da participação da entidade nas missões internacionais, onde o intercâmbio de conhecimento agrega na construção de novos projetos e discutiram os trabalhos do ano seguinte relacionados aos temas de interesse da entidade.

 

Compartilhe!