Search
Close this search box.

PrintElas são a maioria da população (51,4%), têm uma expectativa de vida maior que a dos homens (78,8 anos), são responsáveis pelo sustento de 37,3% das famílias do país, ocupam cada dia mais espaço no mercado de trabalho e são a maioria dos votantes no Brasil (52,3%). Embora ocupem posições de destaque na política, ainda não têm a devida representatividade: são apenas 9% na Câmara Federal, 10% no Senado e 11,33% no Legislativo Estadual.

Mesmo assim, as mulherres continuam a lutar por seus direitos e resistir à violência, preconceito e à desvalorização. Por esse motivo, a Unale parabeniza as deputadas e mulheres de todo o Brasil pelo Dia Internacional da Mulher- instituído pelas Nações Unidas em oito de março de 1975 em homenagem a movimentos feministas que, ao longo dos anos, combateram a opressão, conquistaram o direito ao voto e a emancipação feminina.

“Essa é uma data de luta, mais do que homenagens. Devemos nos lembrar porquê este dia emblemático nos trouxe até aqui. Foram mulheres que perderam a vida para que conquistássemos o que temos hoje”, comenta a 1ª Secretária Geral da Unale, Deputada Luana Ribeiro (PR-TO).

“A data é um marco para nós, mulheres, de qualquer raça, cor, profissão, classe social, credo e ideologia política. Somos iguais e juntas poderemos mudar o país para melhor. Temos força, garra e competência para exercer tantas funções que antes, só eram ocupadas por homens. Então, o gênero é só um detalhe”, comenta a presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) e membro do Conselho Fiscal da Unale, Deputada Celina Leão (PDT-DF). Na atual legislatura, além de Celina Leão, há apenas uma mulher presidente de Casa Legislativa no país, a deputada Silvana Covatti.

A Vice-Presidente da Diretoria Executiva da Unale, Deputada Ana Cunha (PSDB-PA), relembrou que as mulheres já alcançaram grandes avanços na luta pelo direito feminino. A parlamentar cita o direito ao voto e a Lei Maria da Penha como exemplos. Segundo Ana Cunha, “o empoderamento feminino já está em pauta há muitos anos e é necessário para fortalecer o reconhecimento e a igualdade de gêneros em todos os ambientes onde a mulher ainda é minoria”, afirma a deputada e complementa: “Mesmo após décadas de lutas por igualdade, as mulheres ainda são vítimas de preconceitos que se revelam em estatísticas desfavoráveis à população feminina, demostrando o quanto ainda temos que lutar pelo respeito e por igualdade. Sabemos da necessidade de ampliarmos as políticas públicas que promovam a igualdade de gênero, com condições para o enfrentamento de qualquer tipo de violência, para rompermos com as barreiras do preconceito”.

Com o objetivo de estimular o debate de temas relacionados aos direitos das mulheres, a Unale criou a Secretaria da Mulher, que através de suas ações, traz a mulher para o centro das discussões de políticas públicas no Legislativo. Na atual gestão, temas como violência contra a mulher e empoderamento da mulher na política, vêm sendo debatidos em seminários e reuniões.“Temos debatido diferentes temas, com o objetivo de ampliar as discussões. Estamos lutando por políticas públicas melhores, que venham de encontro às necessidades da população”, disse a Presidente da Secretaria das Mulheres da Unale, Celise Laviola (PMDB-MG). “Em parceria com a Procuradoria Especial da Mulher do Senado (ProMul), estamos engajadas para consolidar 2016 como Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte, através da aprovação da PL 4073/2015”, explica. A proposta cria, dentro de cada Casa Legislativa, Comissões Especiais para o Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte (CEEMPEs).

“É com a certeza de que poderemos avançar sempre mais, que parabenizamos a todas as Mulheres que, pela sua dedicação e luta, contribuem para a construção de um mundo melhor. Conclamamos a todas para que não esmoreçam e continuem confiantes na construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, finaliza a Vice-Presidente da Unale, Ana Cunha.

Durante todo o mês de março as Assembleias Legislativas e o Congresso Nacional promovem uma série de ações especiais em comemoração à data.

Compartilhe!