Search
Close this search box.

27172099847_7478565089_z“A valorização do parlamento estadual será o foco da próxima gestão da Unale”, isto é o que ressaltou o deputado Ciro Simoni (PDT-RS), eleito para a gerir a entidade na gestão 2018-2019.

Há 22 anos presente na Unale – desde a fundação em maio de 1994 -, o rio-grandense Ciro Simoni elegeu-se em chapa única pela diretoria executiva durante a Assembleia Geral Ordinária, realizada na tarde desta sexta-feira (11), em Gramado, no estado do Rio Grande do Sul.

Na continuidade da programação da 22ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), os deputados estaduais filiados à Unale se reuniram para eleger a nova diretoria e avaliar os resultados obtidos na gestão 2017-2018, como a aprovação do Projeto de Lei nº 56/2015 ­- que prevê a validação das carteiras de identidade parlamentar, a assinatura de convênios de parceria com instituições legislativas internacionais, a criação da Secretaria da Agricultura, o termo de colaboração com o Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Treinamento (Cefor), entre outros.

O presidente eleito, ressaltou que têm grandes perspectivas para as bandeiras defendidas pela Unale e que vai continuar primando pela maior proximidade com todas as Casas Legislativas. “Estou na entidade desde a sua constituição e farei o melhor para que as demandas dos parlamentares filiados e, em especial, da população sejam atendidas de maneira efetiva e célere. Vamos unir força junto às Assembleias para buscarmos o fortalecimento do legislativo estadual. Será mais uma gestão promissora”, afirmou Ciro Simoni.

O deputado Luciano Nunes (PSDB-PI), que estava à frente da presidência, se disse satisfeito com os resultados obtidos em seu comando, mas que a Unale continuará buscando o fortalecimento do poder legislativo estadual. “Demos especial atenção no trabalho pela ampliação das competências legislativas das Assembleias e do reconhecimento papel exercido pelo parlamentar estadual, como um todo. Porém, ainda temos muito trabalho para o progresso continuo da entidade. Sinto-me com o dever cumprido e continuarei atuando para o sucesso da Unale”, explanou.

Na atual gestão, a Unale firmou importantes parcerias com o legislativo estrangeiro, proporcionou uma rica troca de experiências em diversos segmentos sociais através da promoção de campanhas de saúde, seminários, debates e, principalmente, estimulou a qualificação dos parlamentares que compõem a entidade, proporcionando o planejamento de políticas públicas estratégicas que beneficiam e abrangem todos os cidadãos.

Oportunamente, também foi apresentado aos presentes o balanço financeiro da entidade, as ações realizadas ao longo do período e os objetivos propostos para a próxima gestão.

A mesa diretora da entidade será composta com o deputado Ciro Simoni como presidente, deputada Ivana Bastos (PSD-BA), como secretária-geral e o deputado Rigo Teles (PV-MA), como tesoureiro-geral, entre outros parlamentares que ocuparão os demais cargos da diretoria executiva.

Sobre a Unale

A União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais – Unale congrega a união dos 1059 deputados estaduais da República Federativa Brasileira. A entidade prima pela consolidação dos ideais comuns que buscam a garantia do cumprimento dos direitos e deveres dos estados para com a população.

Por meio do conquistado reconhecimento nacional e internacional, a Unale valoriza o trabalho do parlamentar estadual, que exerce direta e indiretamente o poder do povo, sugerindo e acompanhando projetos e medidas legislativas em tramitação no Congresso Nacional, que geram impactos na atuação do Poder Legislativo Estadual.

No cenário internacional, a entidade exerce a paradiplomacia com importante papel dentro dos principais órgãos relacionados com a política positiva mundial e promove o intercâmbio de experiências que estabelecem o bem-estar social e garantem o desenvolvimento político e financeiro do país, baseando-se em projetos executados por meio das leis aprovadas em prol dos eixos estabelecidos pela Constituição Federal, como: educação, saúde, lazer, sustentabilidade, segurança, cultura, dentre outros. O foco primordial é acompanhar os projetos bem-sucedidos em outros países do mundo e trazer para a aplicação nos estados, após a adequação à realidade brasileira.

Camila Ferreira/ Ascom Unale

Compartilhe!