Search
Close this search box.

almg_alimentacaoA saúde nutricional da população é tema de audiência pública da Comissão de Participação Popular que acontecerá no dia 2 de stembro, às 16 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A atividade foi requerida pela deputada Marília Campos (PT), atendendo solicitação do Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região – Minas Gerais.

Entre os convidados estão o deputado federal e ex-ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias (PT-MG), e o presidente do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), Élido Bonomo, que também preside o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Minas Gerais (Consea).

O tema da reunião é “Saúde nutricional da população: da prevenção ao tratamento”. De acordo com informações do Conselho Regional de Nutricionistas, a atividade marca as comemorações da semana e do Dia do Nutricionista (31 de agosto), um instrumento importante para influenciar políticas públicas de alimentação e saúde. O Conselho Regional mineiro é presidido por Elisabeth Chiari Rios Neto, que estará presente na audiência pública.

Uma das questões a serem analisadas, segundo informações do Conselho Regional, é o aumento progressivo do consumo de alimentos processados e industrializados, ou com alto teor de sal, açúcar e gordura, crescimento este que foi comprovado pela Pesquisa de Orçamento Familiar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Isso é considerado um problema de saúde pública, ao contribuir para o aumento de doenças como diabetes, câncer, hipertensão, cardiopatia e obesidade extrema, entre outras.

Também serão discutidos os caminhos para efetiva a alimentação segura e adequada, bem como ações que possam contribuir com a promoção do hábito alimentar saudável, adequado e nutritivo.

Convidados – Também estão convidados para a reunião a promotora da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, Josely Ramos Pontes; o nutricionista e bioquímico Alexandre de Souza Aguiar; e a jornalista Desirée Ruas, representante da Rede Brasileira Infância e Consumo (Rebrinc).

Fonte: ALMG

Compartilhe!