maria0806Eles responderam: “Não”, “Não”, e “Não”, não se sabe a porcentagem exata em Sergipe, mas são muitos os trabalhadores rurais que não utilizam o filtro solar durante a lida no campo, inclusive, durante a estação do Verão. Projeto de propositura da deputada Maria Mendonça requer uma medida preventiva pelo Poder Público para essa situação, devido ao alto índice de Câncer de Pele no país.
Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), neste ano de 2016, foi previsto o surgimento de 80.850 casos novos de câncer de pele, não melanoma, nos homens; e 94.910 nas mulheres. Esses valores correspondem a um risco estimado de 81,66 casos novos a cada 100 mil homens e 91,98 para cada 100 mil mulheres.
Objetivo do PL
Projeto da deputada Maria Mendonça (PP) foi aprovado no início deste mês de Dezembro pela Casa Legislativa, que pensando na prevenção do CA no homem do campo, elaborou projeto que institui o Programa de Prevenção e Combate às Doenças Causadas pela Exposição Solar do Trabalhador Rural no Estado.
“Estão desprotegidos por falta de conhecimento, muitas vezes. Então, o Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, e órgãos ligados ao campo, como Cohidro, Agricultura e Emdagro, se unirem para trabalhar na prevenção, através de palestras, levando a orientação”, propõe a parlamentar.
“O conhecimento sobre a incidência e mortalidade do câncer torna-se fundamental para estabelecer prioridades na prevenção, planejamento e gerenciamento dos serviços de saúde”, afirmou Maria, observando que a mortalidade por câncer apresenta uma estreita relação com os serviços de atenção à saúde considerada como de relevante importância na determinação da redução que a mesma já apresenta nos países desenvolvidos. Segundo ela, este dado, aliado à constatação de que é possível reduzir a mortalidade a partir de ações direcionadas para a prevenção e o diagnóstico precoce, tem orientado as ações do Ministério da Saúde (MS) através do INCA.
Dermatologista
Iniciativa da deputada foi vem vista por médicos especialistas. “Filtro solar deve ser utilizado em várias profissões, que estão em exposição ao sol, como Carteiros, Policiais, e diversas profissões que necessitem uma foto proteção, sejam essas de instituições públicas ou privadas. Devem usar o filtro solar como proteção individual, como fator segurança de saúde”, destacou o dermatologista Emerson Ferreira em entrevista ao Alese Notícias e a Agência de Notícias da Assembleia Legislativa (Alese).
Estatística
O câncer de pele não melanoma é o primeiro mais incidente em homens nas Regiões Sul (138,75/100 mil), Centro-Oeste (114,71/100 mil) e Sudeste (92,86/100 mil). Nas Regiões Nordeste (42,48/100 mil) e Norte (28,89/100 mil), encontram-se na segunda posição. Nas mulheres, é o mais frequente em quatro regiões, com um risco estimado de 134,19/100 mil na Região Sudeste, 102,71/100 mil na Região Centro-Oeste, 93,58/100 mil na Região Sul e 44,12/100 mil na Região Nordeste. Já na Região Norte (23,12/100 mil), ocupa a segunda posição. (Fonte INCA).
Fonte: ALESE

Compartilhe!