alesc-19-02A Gerência Cultural da Assembleia Legislativa lançou na última sexta-feira (15) a segunda edição do Edital de Seleção de Projetos para Ocupação Artística da Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho. A Comissão Avaliadora irá escolher até sete propostas, que serão realizadas entre julho de 2019 a junho de 2020 no espaço localizado no Hall da Casa.

De acordo com Any Santos, da Gerência Cultural da Alesc, o principal objetivo da iniciativa é, além de aumentar a transparência no processo de uso da galeria, dar mais oportunidades para que artistas de todas as regiões do Estado também possam expor em Florianópolis. As inscrições acontecem de 1º a 29 de março. As propostas habilitadas serão confirmadas no dia 15 do mês seguinte e os classificados serão conhecidos em 30 de abril.

Podem participar artistas, grupos ou curadores brasileiros e estrangeiros em situação legal no país. “Em 2018 o resultado foi muito bom. Tivemos uma procura considerável de artistas que apresentaram propostas com muita qualidade”, comentou Any. A expectativa para a nova edição é ainda maior. Segundo ela, a continuidade do edital fortalece também a galeria como um dos principais espaços gratuitos de arte em Florianópolis. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, exceto em feriados e pontos facultativos.

O edital pode ser retirado virtualmente, por meio de download no website da Alesc (www.alesc.sc.gov.br) em um banner específico. Esclarecimentos técnicos sobre os procedimentos serão oferecidos pela Gerência Cultural, na Assembleia, localizada na Rua Doutor Jorge da Luz Fontes, 310, no Centro de Florianópolis. O contato pode ser efetuado também pelo telefone (48) 3221-2584 ou no webstite edital.exposicoes@alesc.sc.gov.br.

Serão aceitas obras em todas as linguagens visuais. A fase de habilitação tem caráter eliminatório e será realizada pela Comissão Organizadora formada por três representantes da Alesc. Eles vão analisar os envelopes entregues pelos inscritos com os documentos requeridos no edital. O resultado desta etapa será publicado no Portal da Alesc e poderá ser consultado anda na Gerência Cultural.

Em seguida ocorre a fase classificatória, feita pela Comissão Avaliadora, que é composta por no mínimo três e no máximo cinco membros. Participam representantes da área técnica da Assembleia e por servidores da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e professores do Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Cabe à Alesc divulgar os artistas selecionados, ceder o espaço físico para a exposição. Outras obrigações são a elaboração e divulgação de convite virtual, impressão de 150 flyers em formato A5, dos quais 100 serão entregues ao artista e 50 distribuídos pela Gerência Cultural, impressão de painel com texto de até 600 caracteres sobre a exposição, fornecer auxílio técnico para montagem e desmontagem da exposição, divulgação por meio da Diretoria de Comunicação Social e disponibilizar sonorização para o evento de abertura (se houver).

Fonte: ALESC
Compartilhe!