aleprparlamentouniA Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná irá promover a segunda edição do Projeto Parlamento Universitário no próximo mês de março de 2017. O projeto, que teve sua primeira edição realizada em julho passado, deu oportunidade para que 54 estudantes de Direito da Universidade Federal do Paraná participassem da simulação das atividades de um parlamentar, desde a composição de blocos partidários, eleição da Mesa Executiva, apresentação e votação de projetos.

Para a próxima edição do projeto, a direção da Escola pretende convidar, além dos estudantes de Direito, alunos de Comunicação Social – Jornalismo, para que estes também possam ter a experiência de cobertura do dia a dia da Casa, acompanhando as sessões plenárias e reuniões de comissões promovidas pelos deputados universitários.

“Já estamos entrando em contato com instituições de ensino para fazermos parcerias. O próximo evento deve ser ainda mais completo e envolver um número maior de estudantes”, disse o diretor da Escola do Legislativo e diretor Legislativo da Casa, Dylliardi Alessi.

Palestras, seminários e painéis – Neste ano de 2016 a Escola do Legislativo, que completou um ano de funcionamento, promoveu eventos com grandes nomes do Direito, abordando temas de relevância dentro do cenário político, social e jurídico brasileiro. Entre elas a palestra “Direitos Humanos: Universalidade e Ambiguidades na Hora Atual”, com o jurista Francisco Rezek, que foi ministro do Supremo Tribunal Federal de 1983 a 1990 e de 1992 a 1997; juiz da Corte Internacional de Justiça, de 1997 a 2006; e ministro das Relações Exteriores do Brasil, de 1990 a 1992.

Estudantes do ensino superior tiveram contato com a Escola do Legislativo através do “I Seminário da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (Alep) – Poder Legislativo e Democracia Contemporânea”, evento promovido em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Eleições – Em 2016, a Escola do Legislativo também promoveu, em parceria com a Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst), uma série de palestras em Curitiba e no interior do estado, sobre as mudanças na legislação eleitoral para as eleições de 2016.

A Reforma Eleitoral também foi tema de um painel realizado pela Escola do Legislativo. Os debates, mediados pelo professor de Direito Constitucional e coordenador do Curso de Especialização em Inteligência Eleitoral das Faculdades OPET, Denian Couto Coelho, contaram com a participação dos especialistas em Direito Constitucional e Eleitoral Rogério Carlos Born, Orlando Moises Fischer Pessuti, Horácio Monteschio e Paulo Valério.

Ainda no tema das eleições, a Escola do Legislativo organizou o curso “Regras da Propaganda Eleitoral 2016 – Redes Sociais e Cobertura Jornalística”, ministrado pelo coordenador de Comunicação Social do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), o jornalista Marden Machado.

História – O centenário da assinatura do Acordo de Limites entre o Paraná e Santa Catarina, que colocou um ponto final na Guerra do Contestado, foi igualmente abordado pela Escola do Legislativo. Em outubro, duas palestras sobre o tema foram proferidas pelo presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná e desembargador aposentado do Tribunal de Justiça, Paulo Roberto Hapner; e pelo professor de História há mais de 30 anos, mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná, Renato Mocellin.

PPPs – Aspectos técnicos das políticas de Parcerias Público-Privadas (PPPs) e concessões foram abordados em um evento realizado no último mês de novembro. O evento, voltado especialmente para agentes públicos de administrações municipais, reuniu especialistas da empresa de consultoria EY (antiga Ernst & Young), da Estruturadora Brasileira de Projetos (EBP) e da Procuradoria do Estado do Paraná.

Fonte: ALEPR
Compartilhe!