886944904c6e39c9e1462c9ed7187df8Os 24 deputados eleitos para compor a 8ª Legislatura do Programa Parlamento Mirim Mato-grossense tomam posse na próxima segunda-feira (8), às 17 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour. A posse aos novos membros mirins será feita pelo presidente do Parlamento estadual, deputado Eduardo Botelho (PSB).

Os estudantes deputados terão pela frente dois anos de mandato. Eles são alunos das escolas públicas e privadas – do 6º ao 9º ano – de 11 municípios mato-grossenses. A idade deles varia de 12 a 16 anos.

Para conquistar cada uma das 24 cadeiras de deputados mirins, os estudantes tiveram que formatar projetos de lei voltados para as áreas de saúde, educação, turismo, esporte e segurança pública.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), esses jovens representam o futuro do país e têm a oportunidade de conhecer o Parlamento, um dos princípios fundamental para a formação da cidadania.

“Aqui, nesses dois anos, eles vão ter conhecimentos sobre o Parlamento, e entender o que faz um deputado. Eles vão ainda ser o multiplicador da experiência adquirida para outros colegas. Além disso, os estudantes deputados vão aprender o que é democracia. Essa relação faz crescer a cidadania”, explicou Botelho.

Os 24 parlamentares mirins representam os municípios de Cuiabá (14), Várzea Grande (1), Santo Antônio de Leverger (1), Jangada (1), Sinop (1), Diamantino (1), Nossa Senhora do Livramento (1), Rosário Oeste (1), Acorizal (1), Alto Paraguai (1) e Poconé (1).

De acordo com o superintendente do Planejamento Estratégico, Joselito Espírito Santo de Paula, a programação de posse começa a partir das 14 horas, quando o deputado Wancley Carvalho (PV), padrinho da 8ª Legislatura Mirim, fará a entrega de ternos para as 13 deputadas e para os 11 deputados mirins, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros.

Joselito de Paula afirmou que, durante os dois anos de mandatos, os parlamentares mirins vão conhecer in loco o funcionamento do Ministério Público Estadual, do Tribunal de Contas do Estado, do Tribunal de Justiça e do Comando Geral da Polícia Militar e visitar o Palácio Paiaguás.

No final do mandato, ano que vem, de acordo com o superintendente, eles vão a Brasília para conhecer o Congresso Nacional, o Senado Federal e a Câmara dos Deputados. Lá, eles serão recebidos por um senador da República ou um por deputado federal mato-grossense.

O Parlamento Mirim foi criado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso com o objetivo principal de possibilitar aos alunos do ensino fundamental das escolas públicas e privadas a vivência do processo democrático por meio da participação em uma jornada parlamentar na Casa de Leis, com diplomação, posse, sessão de escolha da mesa diretora e sessão ordinária.

Fonte: ALEMT
Compartilhe!