alemg-18-04“A sã política é filha da moral e da razão”. Ao abrir a solenidade de lançamento do Parlamento Jovem (PJ) de Minas 2018, realizada no dia 09 de abril, o 1°-vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Lafayette de Andrada (PSD), citou o “Patriarca da Independência”, José Bonifácio de Andrada e Silva, para sublinhar a importância do exercício da política na construção da sociedade.

Representando o presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (PMDB), Lafayette de Andrada mencionou que o País vive um momento político difícil e que o excesso de notícias e a forma como a mídia em geral trata os fatos políticos leva o cidadão médio a manifestar desânimo e até mesmo ojeriza à ação política. “Mas a política, em si, não é boa nem ruim; é apenas uma ferramenta que, dependendo de quem a opera, poderá ter consequências positivas ou negativas”, disse.

O deputado André Quintão (PT) lembrou que o Parlamento Jovem surgiu quase junto com a Comissão de Participação Popular, que sempre acolheu as sugestões aprovadas pelos estudantes, transformando muitas delas em propostas de ação legislativa (PLEs) e influenciando positivamente as políticas públicas do Estado. “O projeto, a cada ano, foi ganhando uma qualidade superior e gradativamente agregando novas contribuições”, comemorou.

O deputado Bonifácio Mourão (PSDB) também elogiou a iniciativa de criação do PJ Minas, parceria da Assembleia Legislativa e câmaras municipais, ressaltando que ela “é mais do que oportuna” e que o eleitor tem que entender que, como em toda atividade humana, na política também se cometem erros e acertos, mas é uma atividade fundamental para a vida em sociedade. “As pessoas não podem viver sem representação, e a representação é feita pelos Poderes Executivo e Legislativo”, frisou.

Por sua vez, o deputado Duarte Bechir (PSD) reforçou as palavras dos colegas que o antecederam e disse ter certeza de que os jovens saberão “observar os bons exemplos e traduzir isso no seu cotidiano”. Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, o parlamentar anunciou que acabava de chegar de uma reunião com representantes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), onde discutiram medidas para facilitar o acesso e a participação do eleitor com deficiência no processo de votação.

Fonte: ALEMG
Compartilhe!