Search
Close this search box.

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza, naterça-feira (2/8/16), audiência para debater as dificuldades dos municípios mineiros em combater a dengue. A reunião será às 15h30, no Auditório. O requerimento é de autoria do presidente da comissão, deputado Arlen Santiago (PTB).

Segundo o parlamentar, o alto número de casos de dengue no Estado está relacionado à falta de recursos para a área da saúde e os atrasos no repasse de verbas para os municípios. “O programa Saúde em Casa, que deveria construir um conjunto de ações direcionadas à universalização da oferta e ampliação da qualidade dos serviços de Atenção Primária à Saúde, por meio de ações com foco em infraestrutura, equipamentos e processos de trabalho, está com pagamentos atrasados desde agosto de 2015”, declarou.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde foram confirmadas, até junho, 163 mortes por dengue em Minas. “A impressão que temos é que os 842 municípios que deveriam contar com o Saúde em Casa estão sozinhos nesta briga. Além de profissionais para atuarem no combate e na prevenção, é necessário, também, profissionais para atenderem os enfermos nos postos de saúde. A situação é preocupante”, afirmou Arlen Santiago.

Convidados – Foram convidados o secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz e o presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG), José Maurício Lima Rezende.

Fonte: ALEMG

Compartilhe!