aleam-23-11A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) realizou na quinta-feira (22), uma sessão especial em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.

O dia 20 de novembro foi escolhido em homenagem à morte de Zumbi, o líder do Quilombo dos Palmares, lugar que serviu de refúgio para aproximadamente 20 mil escravos. A celebração da Consciência Negra é uma forma de fazer memória, para que o povo brasileiro não repita a brutalidade com que os negros foram tratados durante a colonização do Brasil, marginalizados da sociedade. Amazonas foi o segundo estado brasileiro a declarar a liberdade aos escravos negros.

Foram homenageadas entidades do estado que atuam na promoção da igualdade racial. Foram convidados para participar da homenagem, dentre outros órgãos e entidades: Gerência de Promoção da Igualdade Racial da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Centro de Direitos Humanos da Arquidiocese de Manaus, Rede “Um Grito pela Vida”, Conferência das Religiosas do Brasil (Núcleo Manaus), Centro de Direitos Humanos Arquidiocese de Manaus, Articulação Amazônia dos Povos e Comunidades Tradicionais de Terreiro de Matriz Africana (Aratrama), Fórum Afroameríndias e Caribenhos, Fórum Permanente Afrodescendentes do Amazonas (Fopaam), União Nacional dos Negros (Unegro), Fórum de Juventude Negra e Instituto Cultural Afro Matubelê.

Fonte: ALEAM
Compartilhe!