Aprovada prioridade para universitários da área da saúde em regime de internato no PI

A Assembleia Legislativa aprovou, no último dia  24, o Projeto de Lei Ordinária Nº 38/2021, que coloca os estudantes da área da saúde em regime de internato ou atendimento ao público como prioridade nas campanhas de vacinação e na atenção das políticas públicas da área da saúde, no estado do Piauí.
O deputado estadual Marden Menezes (PSDB), autor da proposta, afirma que o Projeto pretende conceder um tratamento justo ao grupo de estudantes que integra a linha de frente no combate à Covid-19. “Fez-se justiça com piauienses que estão na linha de frente no combate à pandemia e que precisam de imunização, para continuar salvando vidas assim como os profissionais já graduados”, afirma.

De acordo com o texto do Projeto, os estudantes beneficiados pela inclusão nos grupos prioritários nas campanhas de vacinação no Estado deverão comprovar o seu respectivo vínculo com a instituição onde estejam estagiando, trabalhando ou prestando atendimento à população.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que 157.862 pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, no Piauí.

Fonte: ALEPI