Criada em 2022, a Secretaria de Cuidado e Prevenção à Depressão, Suicídio e Drogas da Unale é fruto da união de bandeiras antigas da entidade, em diversas gestões. Durante o primeiro semestre do ano, a Pasta já realizou o Simpósio Prevenção é Solução, em maio, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR) e entregou um relatório com dados das atividades sobre as temáticas para a deputada federal Liziane Bayer (RS), que auxiliará a discussão no Congresso Nacional.

Assim, a Secretaria, gerada com a função de desenvolver práticas e políticas públicas voltadas para a promoção de saúde mental, combate e prevenção à autolesão, suicídio e uso substâncias ilícitas, amplia o trabalho iniciado nas Casas Legislativas e fortalecido em 2019, quando a Unale promoveu 5 simpósios regionais.

Na época, os encontros resultaram em um protocolo com mais de 174 sugestões para alavancar políticas dentro do tema, entregues ao ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

SETEMBRO AMARELO

O tema ainda é recorrente nas campanhas de saúde da Unale, que anualmente apoia o Setembro Amarelo — campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. Durante o mês de combate ao suicídio, são trabalhadas diversas ações, com apoio dos parlamentares, servidores e das 27 Casas Legislativas.

Outro serviço importante da entidade é o Banco de Leis e Projetos de Leis, que reúne os trabalhos de todas as Assembleias Legislativas e, somente com a pesquisa pela palavra “suicídio”, aglutina 30 normas e 57 proposições para consulta. Ao longo das próximas matérias sobre a Pasta, abordaremos a fundo essas Leis e projetos e outros sobre depressão e drogas.

Marina Nery / Ascom Unale

Compartilhe!