40215986200_17d7e1d2d0_zOs trabalhos da programação oficial da 22ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE) foram iniciados nesta manhã (10), com a temática “Gestão, Controle dos Gastos Públicos e a Governança”, no Centro de Eventos da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs).

O dia começou com a explanação da palestra do ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, que tratou sobre a importância da governança pública e dos dez passos que devem ser seguidos para uma boa gestão. ” Estamos diante de um ano eleitoral e de um desafio imenso, que se traduz em resgatar a confiança de uma nação. Portanto, a governança realizada de maneira eficaz pode mudar os rumos de um país”, defendeu.

Fábio Nogueira, presidente da Associação Nacional dos Tribunais de Contas, alertou que “é preciso que os Tribunais de Contas se posicionam junto ao Poder Legislativo em todas as esferas dos estados para que haja melhora na política pública”. Para ele, esta CNLE vai produzir os mais diversos efeitos positivos para o desenvolvimento da administração pública do Brasil.

Afirmando este compromisso, o presidente do Tribunal de Contas Estadual do Rio Grande do Sul, Iradir Pietroski, disse que se deve dar especial atenção aos cenários gerais e começar, de fato, promover uma parceria com todos os políticos para um empenho conjunto, com o objetivo de resolver os problemas da sociedade. ” A gestão do dinheiro público é primordial para a coerência do que deve ou não ser executado. Uma ação conjunta deve envolver todos os interessados pela transformação nacional”, afirmou.

Ao encerrar o painel, o presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e ex-governador do Paraná, explanou “que a boa gestão dos recursos públicos na linha de estruturação e planejamento faz com que seja alcançado o sucesso na promoção de ações públicas, econômicas e administrativas”.40215931280_cbc2b3516d_z

Ainda durante a manhã, foi realizada a apresentação do case: Controle dos Gastos Públicos nas Casas Legislativas, pela diretora-geral do Senado Federal, Ilana Trombka, e o painel: Efeitos Econômico do Cadastro Positivo na Arrecadação nos Estados, com a presença de Elias Sfeir, presidente da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC) e de Julien Dutra, diretor de relações governamentais da ANBC.

Camila Ferreira/ Ascom Unale

Compartilhe!